Lowsumerism é o termo que resume a tendência do consumo consciente: “Será que eu realmente preciso disso?” e “Se eu não comprar, vai me fazer falta?”. Essas são perguntas que aparecem para a blogger Mônica Marques sempre que ela se sente fisgada por uma vitrine, produto ou propaganda interessante.
A questão em voga neste post do blog Sonhando Acordada é que produzir objetos tem um custo tanto para meio ambiente como para a qualidade de vida das pessoas. Quanto mais se consome, mais é preciso trabalhar para produzir os insumos e para ter como comprá-los. Será que vale a pena?