Por Andressa Griffante

Recentemente foram divulgados alguns dados sobre a relação dos brasileiros com os influenciadores. “Estima-se que mais de 65% dos usuários do Instagram no Brasil sigam, pelo menos, algum influenciador digital e há pesquisas que apontam que quase 1 milhão de brasileiros se consideram influencers”.

Os números só comprovam o que a gente já sabe bem: ações com criadores de conteúdo digital são imprescindíveis para marcas de qualquer tamanho e segmento. E a busca pela atenção do público nos meios digitais está cada vez maior.

Porém, o que pouco se fala é sobre a busca pela atenção DOS INFLUENCIADORES. Isso mesmo. Especialmente em ações de relacionamento e mídia espontânea, antes de captar a atenção da audiência em si – do consumidor final – as marcas precisam conquistar os influenciadores, pois são eles quem vão traduzir a mensagem da marca para sua comunidade de seguidores.

Embora pareça óbvio, percebo empresas, agências e assessorias trabalhando de forma equivocada com estes profissionais. Pra dar um exemplo: não adianta convidar um influencer para conhecer seu restaurante, marcar a data e deixar que o resto aconteça sozinho. É necessário avisar a equipe do restaurante, designar alguém para receber o influenciador, reservar uma mesa bacana pensando nas melhores fotos e, claro, oferecer bom atendimento e qualidade em seu produto. Esta atenção a todos os detalhes da experiência farão toda a diferença.

Mas ainda existem outras diversas dicas do que uma marca pode fazer para aproveitar ainda mais uma ação de marketing de influência e fazer com que o influenciador convidado se identifique com o local e queira espontaneamente recomendar aos seus amigos e seguidores.

Elenquei algumas destas dicas abaixo:

  1. Com as redes sociais da sua marca comece a seguir e acompanhar o conteúdo dos influenciadores. Buscando entender o tipo de abordagem, os assuntos que mais ganham destaque, etc. Isso facilita a conexão com os mesmos e também ajuda a direcionar melhor à eles as informações do estabelecimento.
  2. Avise sua equipe sobre a ação sendo planejada, para que todos os colaboradores estejam cientes de que receberão estes formadores de opinião importantes na divulgação do negócio. Isso também evita que o influenciador chegue ao local e algum atendente não saiba do que se trata ou não dê a atenção necessária. Isso também pode demonstrar má comunicação da empresa ou do projeto.
  3. Separe um tempo para pensar na sua estratégia de relacionamento com estes influenciadores: quem irá recebê-los? Eles terão acesso aos ambientes do seu estabelecimento com facilidade ou é necessário providenciar alguma autorização ou agendamento prévio? Alguma manutenção ou limpeza a ser feita até a data? Pode ser criado algum código de desconto especial para os influenciadores divulgarem? Algum voucher ou mimo a ser produzido e entregue a estes influenciadores?
  4. Ao receber o influencer, é importante abastecê-lo com as informações mais relevantes sobre seu negócio. A história do local, seus diferenciais, horário de funcionamento, além das facilidades e orientações básicas sobre como chegar, quanto custa, etc.
  5. Ao fornecer a experiência de seus produtos e/ou serviços dê destaque ao carro-chefe da casa. Aquilo que poderá mais facilmente atrair futuros clientes, pois este é o foco da produção de conteúdo destes influenciadores convidados. Não adianta “empurrar” aquele produto de menor qualidade que está parado no fundo do estoque pensando em economizar. É o famoso caso do barato que sai caro.
  6. Ao pensar no tempo da visita e atividades propostas considere tempo a mais para que estes influenciadores consigam fazer a produção de conteúdo. Ou seja, um passeio que levaria 1 hora pode levar pelo meno meia hora a mais considerando as paradas no caminho para fotos, vídeos, criações de textos e anotações destes profissionais.
  7. Interaja através de suas redes sociais em todo o post que citar sua marca. Reposte, comente, inclusive responda os comentários que possam surgir de outros visitantes com dúvidas.
  8. Ao repostar ou utilizar quaisquer imagens produzidas pelos influenciadores é obrigatório por lei (de direito de uso de imagem) citar o autor da foto. Portanto, sempre citar o influenciador, deixando claro que aquela imagem é uma republicação mencionando onde está a publicação original.
  9. Dica extra e sempre valiosa: Se possível, deixe seu local “instagramável”, ou seja, com um visual atraente, diferenciado, ou mesmo divertido para fotos. Por exemplo: se tiver área verde, um balanço de madeira decorado pode fazer toda a diferença na hora de pensar em uma boa foto para postar. Um letreiro colorido, uma decoração divertida ou fora do comum, etc.

Não por acaso, agências como a nossa atendem marcas e agências com a curadoria, planejamento e monitoramento em Marketing de Influência, intermediando detalhes da ação e alinhando expectativas com todos os envolvidos. Para saber mais, fale conosco: rsbloggers@rsbloggers.com.br.

Siga o Influcast – nosso podcast com outras várias dicas e conteúdos sobre negócios digitais! 🙂